pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2021

Sobre o autor

Lúcia Moysés

Lúcia Moysés


"O bem que praticas em qualquer lugar será teu advogado em toda parte." Emmanuel
Compartilhar -

Na conversa da mãe com a menina de 9 anos, o tema caminhara para as múltiplas vidas. Curiosa, ela queria saber como se tem informações sobre quem se foi em outras existências. Ficou decepcionada quando a mãe lhe afirmou que, para o nosso próprio bem, o que fomos no passado fica esquecido quando renascemos. E foi preciso uma longa explicação para fazê-la entender alguns princípios da reencarnação, que cabe também a nós compreender.

De fato, o esquecimento é uma bênção, pois nos livra de sentimentos que poderiam perturbar nosso equilíbrio se soubéssemos de certas más ações que praticamos em vidas passadas. E todos necessitamos recomeçar com um mínimo de paz interior.

Assim, diante de cada oportunidade que o Pai nos oferece de retornar ao cenário terreno para trabalhar em prol do nosso progresso como espírito, cumpre-nos o dever de agradecer e empreender esforços no sentido de bem aproveitar a jornada. Há um trabalho de autoaprimoramento espiritual esperando por nós.

No início da vida, cabe aos pais o relevante papel de colaborar com o adiantamento moral e espiritual dos filhos, protegendo-os contra o mal, orientando-os no caminho do bem, oferecendo-lhes exemplos pautados nos ensinamentos cristãos.

Sendo uma individualidade, cada ser que volta à Terra para cumprir novo programa reencarnatório traz consigo tudo aquilo que já conseguiu incorporar ao seu espírito em termos de conquistas. Como tivemos incontáveis experiências em vidas anteriores, é natural que já tenhamos adquirido uma série de virtudes. Longe estamos, no entanto, de ter alcançado um patamar evolutivo que nos permita alçar voos mais altos em direção a Deus. Muito burilamento ainda nos aguarda.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta