pteneofrdeites
Escrito por: Francisco Rebouças
Compartilhar -

Bebê é abandonada em escadaria de praça.

"São Paulo, (AE) - Um bebê de 10 dias foi abandonado, na escadaria da Praça Santo Arsênio, no bairro de Vila Formosa, na zona leste da capital paulista. Policiais militares da 5ª Companhia do 21º Batalhão foram acionados para o endereço.

Uma senhora, que havia acabado de sair de um culto na Igreja Presbiteriana Independente de Vila Formosa, viu a menina na escadaria. Segundo os policiais militares, junto da criança havia uma mala contendo mamadeira e fralda. Sem identificação alguma, a menina foi encaminhada ao Hospital Infantil Estadual Cândido Fontoura, no bairro da Mooca, onde passa bem.

Ela será entregue ao Conselho Tutelar. A mãe, caso seja localizada, será indiciada por abandono de incapaz, podendo perder a guarda da criança. O caso foi registrado no 58º Distrito Policial, de Vila Formosa"

Esta é mais uma triste história que diariamente se repete em nosso país. Isto porque a humanidade ainda está muito longe do amai-vos uns aos outros que Jesus com que nos solicitou respeito e atenção ao semelhante, e uma "mãe" ainda tão distante de entender o segredo da maternidade com que Deus a abençoou, levada pela miséria a falta de recursos materiais, e muitas das vezes até mesmo passando fome, acaba por cometer atos tão reprováveis para com um indefeso bebê.

Enquanto isso, inúmeras são as criaturas que desfilam com seus animais de estimação, esbanjando recursos, num luxo exagerado e improdutivo, visto que o animal não tem necessidades da maioria dessas excentricidades. Procuram no animal o que não encontram no semelhante, pois, uma criança dá muito trabalho, e não o obedece como o tal "bichinho", que se não fizer o que se dono quer, simplesmente leva uma chinelada e vai se acomodar sem reclamar.

Claro que os animais precisam e merecem todo o nosso cuidado e respeito, mas não os exageros que se vê na sociedade de hoje, onde até mesmo nos supermercados, padarias etc., se está sujeito ao convívio com os animais em detrimento do respeito ao espaço dos que não concordam com essa falta de bom senso. Onde os latidos são freqüentes e não bastassem o barulho dos carros, da correria ainda se tem que aturar sujeira de animais de donos desrespeitosos e mal educados, que deixam os dejetos dos tais "bichinhos", para o primeiro que não estiver atento, se sujar e sair sujando tudo. Ta na hora de revermos os valores morais de nossa sociedade em quanto é tempo, pois, não residimos nas selvas e sim, nas cidades ditas civilizadas.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta