pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Janeiro 2022
Compartilhar -

Na calada da noite, um erudito judeu procurou o Mestre Jesus e dele recebeu lições profundas a respeito da doutrina reencarnacionista. Disse-lhe o Cristo: “Em verdade, em verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus se não nascer de novo” (1).

O fariseu Nicodemos, membro influente do famoso Sinédrio (Conselho Supremo dos Judeus), no decorrer do diálogo com o Mestre, recebeu informações valiosas relativas ao fenômeno palingenésico, recebendo, de pronto, do próprio Jesus, tudo que necessitava para a compreensão do tema.

Cientistas pesquisando a reencarnação

O oposto aconteceu com o cientista Albert de Rochas, pois o conhecimento da presença insofismável do processo reencarnatório se verificou, através de pesquisas realizadas por ele, induzindo seus pacientes à regressão involuntária, relatando, não somente a vivência de fatos de infância, como, até mesmo, a recordação de ocorrências verificadas, no período embrionário-fetal, no cadinho uterino.

A partir daí, Albert de Rochas incrementou suas pesquisas, aprofundando suas intervenções, fazendo com que os pacientes retrocedessem, além do ventre materno, e relatassem suas encarnações pretéritas, sendo algumas delas comprovadas como reais. Em seu livro, intitulado As Vidas Sucessivas, como pioneiro, na área da regressão, deixou gravados os fundamentos dessa novel abordagem científica, descrevendo casos interessantíssimos. A leitura dessa obra, certamente, enriquecerá os nossos leitores, no tocante à inevitável comprovação científica da reencarnação.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado