pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Setembro 2021

Sobre o autor

Cláudio Conti

Cláudio Conti

Compartilhar -

Há, nos animais, um ser espiritual, isto significa que uma essência inteligente se manifesta em um corpo orgânico constituído de células, sangue e órgãos como nos organismos humanos. Assim, os animais utilizam órgãos sensoriais na interação com a matéria, ao menos nos animais de classes mais elevadas, os sentidos são semelhantes aos humanos e, também, compartilham muitas das sensações, tais como satisfação quando as necessidades materiais são saciadas, felicidade e tristeza.

Analisando nossos próprios sentimentos, sabedores que compartilhamos muito com os animais, podemos compreender que eles também sofrem pelos mais variados motivos. Dentre aqueles que convivem com o homem, ademais das dificuldades inerentes à vida na matéria, muitos sofrem por maus tratos.

Apesar deste convívio próximo com os animais, os humanos negligenciam uma verdade que não querem ver: o sofrimento nos animais. Este é um ponto que frequentemente permeia a nossa mente e, devido à falta de compreensão, surge, naturalmente, mesmo que encoberto pela cegueira do não querer ver, um questionamento sobre a bondade infinita de Deus.

Afinal, por que sofrem os animais?

No intuito de aprimorar o entendimento nesta questão de grave importância é necessário lembrarmos que: 1) o Espírito é criado simples e ignorante; 2) a evolução consiste na estruturação mental; 3) as fases vegetal e animal são os primeiros passos [1,2] e; 4) a evolução demanda a aquisição de experiências para o aprendizado e aprimoramento.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta