pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Abril 2021
Compartilhar -

Algumas vezes, surge na imprensa espírita, determinadas apreciações de ter voltado à dimensão física o magnânimo codificador da Doutrina Espírita, Allan Kardec, precisamente na cidade de Pedro Leopoldo, Minas Gerais, em 2 de abril de 1910, agora personificando a figura ímpar e muito querida do maior psicógrafo de todos os tempos, o saudoso Francisco Cândido Xavier.

Importante considerar que o tema seja discutido de forma amena, considerando que, acima de qualquer polêmica, deva vigorar a união, a harmonia, lembrando que o amor precisa sempre ser exercido, primeiramente, e depois, em seguida, o intelectualismo, a instrução, nunca a possibilidade de desentendimentos, principalmente agressivos e mordazes.

Deve-se sempre respeitar o pensamento alheio, mesmo que não seja uníssono com o nosso, pronto para o diálogo sem ressentimentos e aberto a mudanças. Em verdade, estamos no mesmo barco, apesar de nossas deficiências, sendo outorgados com uma oportunidade valiosíssima, nessa atual trajetória evolutiva, de sermos partidários do Espiritismo e conhecermos a figura ímpar e majestosa do excelso Mestre de Lion, Allan Kardec, o “Apóstolo da Verdade”, o magnânimo missionário do “Espírito da Verdade” (Jesus).

Chico não foi Kardec

Quanto ao assunto em tela, os partidários de ser o estimado e bondoso Chico a reencarnação de Kardec baseiam-se sempre no “disse-que–disse”, isto é, opiniões respeitáveis, porém isoladas, bastante pessoais, quase sempre recheadas de certa emocionalidade, diga-se de passagem, já que o médium, realmente, sempre foi um ser de grande carisma, exteriorizando extremo amor, fazendo com que as pessoas extremamente místicas ficassem fascinadas por ele. Contudo, é importante a prática da criticidade kardeciana, desde que a Doutrina Espírita nos orienta a passarmos pelo crivo da razão e do discernimento as comunicações e afirmações que provêm da espiritualidade.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta