pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Janeiro 2019

Sobre o autor

Paulo Velasco

Paulo Velasco

Compartilhar -

É simples identificarmos que os impulsos negativos prevalecem mais que os positivos na mente humana, principalmente nos indivíduos vulneráveis e menos preparados em tratando-se de harmonia espiritual. Na maioria das vezes, somos atraídos, sem que percebamos, através de influências, que nós mesmos adquirimos pelos erros que cometemos em variados pensamentos e atos do dia a dia.  Infectamo-nos com conversações deprimentes, em pormenores, que desencadeiam no equilíbrio emocional, em fantasias sexuais de teores não íntegros, convertendo, assim, a mente ao estado de abatimento, prostração, marasmo, revolta e até mesmo depressão.

Quase sempre a maioria das pessoas tem a tendência de acumular energias negativas de quaisquer naturezas, seja pela TV, com noticiários contendo tragédias, pelos programas conflitantes causadores de impactos dramáticos, no lado de fora das bancas de jornal, lendo matérias de crimes hediondos e apavorantes e, o pior de tudo isso, é que os índices de audiência crescem a cada dia com informações improdutivas e inúteis, que ludibriam a mente do indivíduo sintonizado com essas informações focalizadas pela mídia, tornando viciosa a mente desinformada; enquanto que as leituras edificantes, as músicas apropriadas ao bom gosto, os programas de rádio e TV de fundo cultural/educativo não ressoam de acordo como  deveriam ressoar.

Nossa mente vive o tempo todo pensando em várias coisas quase ao mesmo tempo. Procuramos respostas para tudo. Durante nossa vida toda estamos em busca de alguma coisa ou algumas respostas que muitas vezes não temos. A negatividade da mente nunca lhe trará a positividade. É daí que vêm nossas frustrações em relação a coisas que muito queremos. O pensamento positivo é fundamental para que tudo dê certo na nossa vida.

Segundo o senso comum, o mundo pode ser separado em dois tipos de pessoas: as que enxergam o copo meio cheio e as que enxergam meio vazio. Em outras palavras: há quem encara as situações com pensamentos positivos ou negativos. Acreditamos muito que a energia que você emana é a mesma que recebe. Entendemos o poder do pensamento positivo, da gratidão, do amor, e acreditamos que as pessoas são as principais responsáveis pela energia do lugar onde estão e que a nossa mente é capaz de coisas que a gente nem imagina!

Hoje em dia nossa forma de enxergar está corrompida pela negatividade; nossa mente está repleta de formas-pensamento conectadas às faixas vibratórias negativas e, com isso, nossa capacidade mental/espiritual condiciona-se ao atraso moral, intelectual ou a própria insanidade, fazendo-nos reféns da nossa própria invigilância.

Em razão desse fato, devemos evitar que deficiências derivadas de pensamentos não salutares nos facultem o desequilíbrio, acarretando os múltiplos distúrbios de ordens orgânicas e emocionais. Para se ter harmonia diante das dificuldades é necessário que mantenhamos sempre o pensamento positivo. Devemos colocar um ponto final nas nossas desavenças e frustrações, para poder estimular o nosso crescimento espiritual.

Devemos, sim, considerar que ostentamos em nossa bagagem as experiências de outras vidas, nas quais nós nos encontrávamos menos evoluídos do que hoje, em se tratando de sentimento e intelectualidade. Assim, encontramos acesso livre para doenças físicas e processos psicossomáticos de diferentes graus. Não podemos deixar de frisar que o livre-arbítrio é o maior contribuinte consciente de nossas enfermidades, se não discernirmos o caminho correto a ser percorrido.

O grande segredo, portanto, para nos defendermos de cargas energéticas negativas, está numa vivência alicerçada no bem; está na fé, no otimismo, no contentamento, na vontade firme, na prece e principalmente nas atitudes de amor, que incluem o perdão e a pacificação de nós mesmos com relação ao todo e a todos. Quando mentalizamos algo na faixa vibratória adequada ao psiquismo saudável, automaticamente estaremos inibindo todos e quaisquer pensamentos inferiores, que, porventura, tentem instalar-se nos porões do nosso inconsciente.

O pensamento desequilibrado, projetado ao mal, encontra obstáculos para a reversão do estado de vício, que se localiza na mente deseducada, dificultando a reconquista dos valores disciplinares da estrutura normal da mente sadia. Para reversão desse estado vicioso, o indivíduo deverá sustentar a ideia resoluta e otimista para a possível restauração da mente comprometida, buscando sempre a disciplina e a determinação como pontos de referência.

Compreendemos que não é fácil atingir a essa finalidade, mas deduzimos que é possível realizá-la com perícia, desde que estejamos dotados de boa vontade. A mente humana tem uma capacidade de domínio espetacular.

Desde já, busquemos controlá-la e prefiramos ser bem-sucedidos, concentrando-nos no otimismo, na alegria e preenchendo nossos corações de eternas felicidades.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta