pteneofrdeites
Compartilhar -

Homem se fingia de fotógrafo para praticar pedofilia, diz polícia.

A falta de moral e ética, de respeito, de decência etc., do ser humano atingiu um grau jamais imaginado por qualquer indivíduo por mais liberal que possa ser, onde até mesmo a profissão é mal empregada com fins escusos e condenáveis, por "profissionais" sem qualquer tipo de pudor.

A mídia não deixa de apresentar diariamente casos e mais casos desses que deixam qualquer criatura indignada, vejam a última notícia divulgada na Internet: "Homem se fingia de fotógrafo para praticar pedofilia, diz polícia Denúncia foi feita pela mãe de uma vítima, que encontrou um DVD na própria casa. Polícia encontrou mais vídeos e desenhos pornográficos com o suspeito, em Manaus.

Um homem de 38 anos foi preso acusado de pedofilia em Manaus (AM) nesta sexta-feira (15). Ele se fazia passar por um fotógrafo para conseguir tirar fotos de crianças dentro da casa delas. A polícia vai indiciá-lo por atentado violento ao pudor e tentativa de estupro. O falso fotógrafo foi denunciado pela mãe de uma das vítimas, que encontrou um DVD caseiro pornográfico com imagens de crianças. Com o suspeito, além de vídeos caseiros, a polícia ainda apreendeu uma máquina fotográfica e vários desenhos em estilo mangá com mais imagens pornográficas".

Fonte: Do G1, em São Paulo, com informações da TV Amazonas.

Está, mais que na hora, de nossas autoridades reverem o código penal brasileiro, levantando as questões de interesse da sociedade, promovendo uma discussão ampla e aberta com toda a sociedade e instituições, para que todos possamos dialogar, na procura dos meios mais eficientes de se prevenir esse tipo de crime e punir exemplarmente os casos já ocorridos, principalmente quando está em discussão o respeito e a segurança de nossas crianças, que precisam de nosso cuidado e proteção, para que se desenvolvam sadias felizes e sem traumas de violência praticada contra elas.

A doutrina espírita nos esclarece que, a infância é um estado de suma importância para o Espírito reencarnante, que está em trânsito a caminho de sua pureza e perfeição conforme questão 383 do Livro dos Espíritos:

Qual, para este, a utilidade de passar pelo estado de infância?

"Encarnado, com o objetivo de se aperfeiçoar, o Espírito, durante esse período, é mais acessível às impressões que recebe, capazes de lhe auxiliarem o adiantamento, para o que devem contribuir os incumbidos de educá-lo."

Entendemos, que os responsáveis por educá-los somos todos nós, pois, precisamos dar o exemplos a serem seguidos por eles quando em condição de responderem por si mesmos; estando mais acessíveis às impressões que recebe, provavelmente estará definitivamente marcado por esse tipo de violência cometida contra ele, que lhe trará sérios prejuízos no futuro. Dessa forma, é inadiável uma postura da nossa sociedade na exigência imediatamente das medidas cabíveis para a solução definitiva desse tipo de abuso praticado contra as crianças e que ate hoje se ouve falar, se testemunha e nada se faz para acabar com essa prática criminosa.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta