pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Janeiro 2022
Compartilhar -

Segundo reportagem publicada no National Enquirer, de Washington, em 18/5/69, e mencionado na obra De Kennedy ao homem artificial, o famoso ator Glenn Ford acredita na reencarnação. O recorte foi-me enviado (informa Hermínio Corrêa de Miranda) por um leitor amigo, que reside na capital dos Estados Unidos.

A reportagem, que ocupa toda a página do jornal de formato tablóide, conta que, vencendo uma resistência inicial, o Dr. Maurice Benjamim hipnotizou o veterano astro cinematográfico que, em transe, revelou, para surpresa própria, duas existências anteriores.

Uma das personalidades foi a de um professor de música, chamado Charles Stewart, nascido na Escócia, em Elgin, em 1774. Apesar do seu treinamento musical, Stewart não abandonou sua paixão pelos cavalos que, ao que parece, tem sido uma constante nas suas vidas. Embora sem saber tocar piano, Glenn, sob hipnose, foi capaz de tocar peças difíceis de Beethoven e Mozart.

Recuando mais no tempo, o Dr. Benjamim conseguiu que Ford se recordasse de outra existência, desta vez na França, sob o nome de Launvaux. Era então parisiense, vivendo ao tempo de Luís XIV, que reinou de 1643 a 1715. Ao que contou Ford, em transe, Launvaux, que não era grande admirador da aristocracia da época, apaixonou-se por uma dama da nobreza. O marido ofendido contratou os serviços de um espadachim famoso para provocar Launvaux e desafiá-lo para um duelo, o que foi feito com grande eficiência.

Diz a reportagem que Glenn nasceu na existência atual com uma cicatriz no peito, na altura do coração, no ponto onde teria penetrado a espada do seu adversário. Coisa curiosa: também Peter, o filho de Glenn, nasceu com marca idêntica. Assim como toca piano ao recordar-se da vida de Charles Stewart, Glenn Ford fala francês corretamente, quando rememorando a existência como Launvaux. Informa ainda a reportagem que Glenn, na atual existência, fala em francês somente algumas frases corriqueiras. Também na sua existência na França, sua grande paixão eram os cavalos, tal como agora, quando fez, com grande prazer, vários filmes de cowboy.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado