pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Fevereiro 2021

Sobre o autor

Paulo Velasco

Paulo Velasco

Compartilhar -

Encontramos na família o grande laboratório caracterizado pela vivência cotidiana com irmãos nossos das mais diversas características e em várias posições de parentesco, como pais, filhos, irmãos, tios, avós, entre outros. Nesse precioso laboratório, temos o ensejo de vivenciar experiências valiosas para o exercício do verdadeiro amor fraternal pregado por Jesus, em consonância com a Lei Maior, que é, justamente, a Lei do Amor.

No ambiente familiar encontramos os pais aprendendo a dedicar-se ao próximo, na figura dos filhos queridos e necessitados dos seus cuidados para darem os primeiros passos na sua jornada reencarnatória; encontramos irmãos no aprendizado do respeito, da divisão, do cuidado; primos compartilhando das descobertas e dos desafios próprios da juventude desafiadora; encontramos ainda aqueles mais velhos nesta experiência existencial no papel de pais, avós, tios, em mais avançada idade, que chamamos idosos e aos quais dedicamos uma atenção mais profunda nos parágrafos seguintes.

O idoso merece e necessita atenção e cuidados especiais pela fase de vida em que se encontra. Após uma existência de trabalho, dedicação ao cuidado de filhos, sobrinhos, entre muitas venturas e desventuras experienciadas, encontra agora o esgotamento das forças físicas e, na grande maioria das vezes, também o esgotamento de possibilidades de realização profissional e social.

O envelhecimento impõe a necessidade de saber lidar com as perdas. Do ponto de vista físico, vem a perda progressiva da saúde, da musculatura, da memória, da audição e visão, e das melhores condições de navegabilidade em um corpo que vai inspirando cada vez mais cuidados.

No âmbito social, os efeitos do envelhecimento são múltiplos. Aposentados perdem o contato com os colegas de trabalho. Amigos (ou cônjuges) de muitos anos ou se afastam ou vão desencarnando e a experiência da solidão – muito comum nesta fase da vida – requer atenção das pessoas próximas e algum movimento no sentido contrário, evitando-se o isolamento.

Está gostando deste artigo? Deseja ler mais?

Por favor faça o login abaixo

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta