pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Dezembro 2015

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -

            Semana passada fui ao supermercado e estava à minha frente  um jovem casal com o filho de aproximadamente três anos, na fila de troca do cupom fiscal.  O pai com a  criança no colo escutou da mulher, que levasse o menino  para ver o presépio. O esposo, visívelmente materialista, respondeu: "leve-o você,  que é religiosa". Ela, muito sem graça, pegou o filho e se dirigiu ao presépio...

            São atitudes que crescem a cada dia. Os presépios, que resgatam e representam a memória do nascimento de Jesus, estão  cada dia mais distante dos lares e da vida social.

            Na contramão e com força, as imagens do velho Noel, sobrepujam a ocasião, com as mães esperando pacientemente nas filas dos Shopping Centers, aprontando suas filhas com batons, penteados etc... para uma foto, a preços salgados,  com o Papai Noel.

            A maior satisfação de uma mãe é tornar os seus pimpolhos felizes. E há muitas maneiras disto fazer. Conte para eles  histórias do Divino Mestre, que podem ser encontradas em muitos livros de contos espíritas  infantis. Não deixe passar mais essa oportunidade de brincar com seu filho educando-o. A infância passa ligeira.

Monte com ele o presépio de Natal. Escolha obras espiritas infantis  que   ensinam  o verdadeiro sentido do Natal.

            Falar de Jesus é renovar a cada dia nossos sentimentos de amor e fraternidade na construção de um mundo melhor, de paz e justiça social.

            A família Correio Espírita deseja a todos,  um lindo Natal repleto de muita paz e saúde!

            Feliz Natal!

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado