pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Março 2017

Sobre o autor

Ângela Delou

Ângela Delou

Compartilhar -

“Infelicidade é uma questão de prefixo.” Guimarães Rosa

 O sonho

        Vou contar para você, leitor amigo, leitora amiga, mais uma história da vida real. A história de Vanilda de Jesus Pereira. A mineira nasceu no mesmo dia do Menino Jesus. Foi criada em Confins, Belo Horizonte, numa comunidade pobre e bem cedo começou a trabalhar em casa de família.

        Um dia, a filha da patroa lhe emprestou um livro. A patroa viu e não gostou. Brigou com ela. A filha da patroa tinha muitos livros e não se incomodava de emprestá-los. Vanilda gostava de ler. Mas a dona da casa não pensava assim. A jovem empregada ficou muito triste e pensou: Um dia vou ter muitos livros para emprestar às crianças pobres. E também para os adultos. Todos poderão ler. Vou trabalhar bastante e conseguir.

 

“Minha missão é ser feliz com o sorriso dos outros”

         O lema de Vanilda passou a ser esse. Trabalhava muito, ia ganhando dinheiro, e, aos poucos, foi realizando o seu sonho. Fazia comida para morador de rua, arrumava um jeito deles tomarem um banho, cuidava de uma criança, ajudava um idoso, e assim ia vivendo. Muitas vezes durante a noite pedia para um filho se levantar porque precisava oferecer o leito ao doente que chegava sem forças. O pouco na sua mão ia crescendo, dava pra todo mundo viver. Pagava luz, comprava gás, comida, os filhos iam para a escola mas não pagava aluguel. Era assim na comunidade, naquela época, ninguém pagava aluguel nem água.

         Um dia a prefeitura desapropriou a área onde morava e Vanilda recebeu uma indenização pela sua casa. Foi morar em Paquetá, outro bairro pobre de Belo Horizonte. E pensou: Não paguei pela casa e nem comprei o terreno. Agora estou recebendo um dinheiro por isso. Preciso devolver pra comunidade esse benefício.

 

Biblioteca Comunitária Graça Rios

          Foi assim que, há oito anos, surgiu a biblioteca comunitária. Ganhando em média R$ 1.200,00 por mês, a faxineira Vanilda continua trabalhando para sustentar a família; são quatro filhos biológicos e 42 filhos do coração. Além dessa tarefa de amor, continua fazendo comida para morador de rua, cuidando de crianças, de idosos, de quem precisar. A sua cozinha tem panelas grandes para fazer muita comida e assim atender quem busca ajuda.

 

Centro de Convivência para Idosos e Crianças

          O que falta para o idoso ficar feliz? Será que com uma criança perto ele vai se sentir melhor? Vai se distrair e criar “alma nova”? Vanilda começou a amadurecer essa ideia. Ter um espaço lúdico para a criança e o idoso poderem interagir.

         Com a ajuda do Luciano Hulk, apresentador do programa Caldeirão do Hulk, exibido pela TV Globo, no dia 18 de fevereiro, Vanilda quase “morreu do coração”. Foi emocionante! Finalmente foi criada a “Casa Grande Coração”. Um projeto inovador. Com a ajuda de seus filhos e de muitos amigos, todos voluntários, a mineira Vanilda de Jesus realizou mais um sonho.

          Nosso respeito e admiração pela grande brasileira, cujo lema é: “Meu sonho é ser feliz com o sorriso dos outros”. 

Excelente exemplo para comemorarmos o Mês Internacional da Mulher!

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado