pteneofrdeites

Sobre o autor

Fabiano Henrique

Fabiano Henrique

Compartilhar -

O esperanto foi reconhecido pelo Ministério do Turismo do Brasil como língua de trabalho. Laura Pereira de Alcântara é a primeira profissional brasileira a ostentar a bandeira do idioma auxiliar neutro em sua nova carteira de guia turístico regional. Agora, ela está habilitada a trabalhar em todo o estado do Rio de Janeiro utilizando o esperanto, juntamente com os outros idiomas que fala.

Laura atua de dois modos. Além da atividade comum ao ramo, coordena o projeto Conheça o Rio a Pé, no qual lidera grupos de brasileiros e estrangeiros em visita a locais históricos da capital fluminense, numa espécie de caminhada bilíngue em um museu a céu aberto.

A temporada de passeios teve início no dia 14 de abril. A iniciativa tem o apoio da Cooperativa Cultural dos Esperantistas. Inscrições e informações pelo telefone (21) 2220-7486.

 

Esperanto foi intensamente divulgado na Rio+20

O movimento esperantista participou ativamente da Rio+20. A equipe local teve a coordenação de Álvaro Motta, com a participação de Rafael Zerbetto e Allan Argolo. No plano internacional, as ações receberam o apoio da Associação Universal de Esperanto, entidade que é parceira da UNESCO.

Neste ano, uma das principais formas de atuação foi contextualizar a língua internacional neutra na defesa dos direitos linguísticos. O movimento esperantista tomou parte na Cúpula dos Povos, no Aterro do Flamengo, divulgando o idioma por meio de camisas, cartazes, faixas e panfletos, sob os auspícios da Cooperativa Cultural dos Esperantistas. Também ocorreu a presença em eventos promovidos por diversos movimentos sociais, sempre alertando para a importância do esperanto.

Por ocasião da Conferência Internacional de Jovens (Youth Blast), os esperantistas conseguiram inserir menções sobre o direito à comunicação na declaração oficial do evento. A jornalista Renata Ventura palestrou durante a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, no Riocentro.

A Rádio Muzaiko foi tema de um seminário realizado durante o Segundo Fórum Mundial de Mídias Livres, no dia 16 de junho. A Rádio Rio de Janeiro e a Rádio Internacional da China deram cobertura à atuação esperantista na Rio+20.

 

Lançado livro com textos de um dos maiores esperantistas de todos os tempos

A Liga Brasileira de Esperanto lançou o livro Neforgeseblaj skribajhoj de Ismael Gomes Braga (Escritos Inesquecíveis de Ismael Gomes Braga). São 318 páginas com resenhas, cartas e artigos selecionados no acervo de um dos maiores esperantistas de todos os tempos. Segundo a crítica especializada, os textos foram elaborados em um linguajar clássico, mas facilmente assimilável por todos os que desejam aprimorar seus conhecimentos da língua internacional neutra. Encomendas e informações pelo endereço www.esperanto.org.br

 

Estado de saúde de esperantista britânico inspira cuidados

O linguista britânico John Wells foi vítima de acidente vascular cerebral. O mal súbito aconteceu no dia 20 de junho, durante uma caminhada. De acordo com o portal noticioso Libera Folio, desde então o esperantista encontra-se hospitalizado. John Wells tem 73 anos. É professor aposentado de fonética. Aprendeu a língua internacional neutra aos 16. Foi presidente da Associação Universal de Esperanto entre 1989 e 1995 e dirigente da Associação Britânica de Esperanto e do Clube de Esperanto de Londres. Atualmente, ocupa o cargo de presidente da Academia de Esperanto.

 

Buenos Aires promoverá Congresso Universal de Esperanto

O Congresso Universal de Esperanto de 2014 vai acontecer na Argentina. A cidade escolhida foi Buenos Aires. A decisão foi anunciada no final de junho pela Associação Universal de Esperanto. O secretário da entidade, Clay Magalhães, visitou o país a fim de inspecionar locais disponíveis para a realização do evento. A capital portenha venceu a disputa de modo surpreendente, uma vez que Mar del Plata era a mais forte candidata. Será a primeira vez que a Argentina irá promover um encontro dessa natureza.

 

Empresários chineses utilizam o esperanto como língua de trabalho

Mais uma aplicação do esperanto no comércio internacional. Uma dupla de comerciantes inaugurou em Xiamen, na China, uma loja de alimentos importados. A língua internacional neutra serve de instrumento de trabalho para a aquisição de mercadorias. Os clientes têm à sua disposição itens como arroz de Taiwan, vinhos italianos e outras iguarias de outros países. As negociações são realizadas com outros comerciantes estrangeiros que também falam esperanto.

 

Sistema de bicicletas de Varsóvia batizado com nome em esperanto

A população de Varsóvia, capital da Polônia, escolheu um nome em esperanto para o sistema urbano de bicicletas. A escolha recaiu sobre a palavra Veturilo (em português: meio de transporte), com 32% dos votos. A eleição foi feita pela internet. O sistema ciclístico urbano de Varsóvia será o maior do Leste Europeu, com 125 estações e 2100 bicicletas de aluguel.

 

Um giro pelo movimento esperantista

 

  • No dia 16 de setembro, será inaugurada em Verniolle, no sul da França, a Praça Jardim do Esperanto.
  • O filme norte-americano Incubus, de 1966, inteiramente falado em esperanto, pode ser visto gratuitamente no site YouTube.
  • O texto da palestra Lima Barreto, la Unua Brazila Modernisto, apresentada por Paulo Sérgio Viana está disponível para leitura na página da Cooperativa Cultural dos Esperantistas em www.kke.org.br.
  • O esperanto é um dos cem idiomas ensinados gratuitamente no portal Italki, no endereço www.italki.com.
  • O site da Liga Argentina de Esperanto encontra-se no endereço www.retkompaso.com.ar.
  • O Grupo de Divulgação do Esperanto do Rio de Janeiro está promovendo a doação do DVD “O Esperanto é” a locadoras de vídeo da Região Metropolitana do estado.
  • Foi lançado na internet um blog contendo histórias em quadrinhos humorísticas, traduzidas para o esperanto, no endereço www.multedaridoj.blogspot.com.
  • Entrou em circulação o mais novo número do boletim INKO, da Cooperativa Cultural dos Esperantistas.
  • O livro La Magia Chevaleto (O Cavalinho Mágico), da escritora brasileira Elma do Nascimento, faz parte da Exposição de Livros Infantis, em cartaz no Museu do Esperanto de Svitavy, na República Checa.
  • Desde o dia primeiro de julho o programa em esperanto da Rádio Vaticano deixou de ser transmitido em ondas médias e curtas, podendo ser ouvido somente pela internet.
  • O professor Aloísio Sartorato conta seus 50 anos de vida esperantista no recém-publicado livro Saluton, Samideano.
Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado