pteneofrdeites
Compartilhar -

hospital andre luiz
Instituição é referência em tratamento de pessoas com sofrimento mental e drogadição

Flávia Amaral
Relações com a Imprensa

Localizado no bairro Salgado Filho, em Belo Horizonte, em uma área de quase 30.000 m², o Hospital Espírita André Luiz (HEAL)comemora, neste mês de outubro, 50 anos de inauguração. O HEAL, sigla que em inglês significa curar, começou a ser constituído em 1949, há 68 anos, e foram necessários 17 anos para a construção das instalações. A inauguração foi realizada dia 15 de outubro de 1967. “Várias pessoas de boa vontade se uniram para a construção do Hospital – maçons, católicos, espíritas e judeus. Todas interessadas em arrecadar verba para o espaço que daria assistência aos portadores de transtorno mental”, conta Eleusa Polakiewicz, presidente do HEAL e filha de um dos fundadores, Dr. Alberto Mizrahy. Conforme registros, alguns dos fundadores saíram às ruas de Belo Horizonte para vender flores a fim de arrecadar recursos para a construção do hospital que hoje é referência em tratamento de pessoas com sofrimento mental e drogadição.

Nesses 50 anos de história, foram atendidos mais de 100 mil pacientes e mais de 500 mil diárias filantrópicas. Em uma extensa área verde, com jardins, horta, estufa, coreto, quadra poliesportiva, refeitório, auditório, lanchonete e um amplo estacionamento, atuam mais de 300 funcionários, mais de 70 profissionais experientes da área da saúde e mais de 400 voluntários nas oito unidades de internação.

“O hospital tem como objetivo atender o portador de doença mental, para além dos aspectos do acolhimento espiritual, com toda a tecnologia e conhecimento da área da psiquiatria e profissões correlatas, que possam ajudar na melhoria do paciente e de seus familiares. Nossa finalidade é colaborar com a sociedade local favorecendo para uma compreensão maior desta área da saúde e diminuição do preconceito a ela associada, bem como participar de seu desenvolvimento e aprendizado”, complementa Eleusa, que atua há 50 anos na área da Psicologia.

O HEAL conta com o Ambulatório (psicologia e psiquiatria), Eletroconvulsoterapia (ECT) – que está entre os três principais no Brasil, com o Pronto Atendimento (24 horas, para emergência em psiquiatria), e com o Centro de Terapias e Assistência Social (CETAS).

O setor de Psiquiatria conta com 160 leitos divididos entre pacientes conveniados, particulares e carentes, e uma equipe composta por psicólogos, terapeutas ocupacionais e educadores físicos. “O paciente tem uma grade terapêutica bem intensa e tudo isso contribui para seu refazimento, além de poder circular por um local muito agradável, arborizado, com horta, onde são produzidos alimentos sem agrotóxicos. Isso também contribui para a saúde de nossos pacientes”, afirma Dr. Roberto Lúcio Vieira de Souza, psiquiatra e diretor técnico do HEAL.

O Centro de Terapias e de Serviço Social (CETAS) oferece tratamento a dependentes químicos, no regime de permanência dia, e conta com uma equipe multidisciplinar com médico psiquiatra, assistente social, psicólogos, pedagogo, educador físico, terapeuta ocupacional, arte terapeuta, artesão e fisioterapeutas. “Pensamos em um trabalho diversificado considerando todos os momentos de nossos pacientes, na mudança de vida necessária deles. Temos uma preocupação de trabalhar não só com o paciente, mas também com seus familiares”, afirma Kelly Bonanno, gerente do CETAS. Em 2017, o setor completa 10 anos.

Áreas como a psicologia, assistência social, farmácia, enfermagem, serviço de nutrição e dietética e o departamento espiritual garantem suporte e humanização no atendimento do hospital.

O HEAL não recebe auxílio direto de nenhum órgão governamental, não distribui lucros, nem remunera os diretores. “A renda vem dos serviços prestados aos pacientes particulares e filiados aos planos de saúde, além das doações que o hospital recebe”, afirma Edward Loures, diretor de Promoção Social e voluntário há 15 anos.

Agenda Comemorações 50 anos:

Ver site http://heal.org.br/50anos/

Ø Palestras itinerantes sobre saúde mental

De 01 a 19/10

Local: diferentes casas espíritas de Belo Horizonte.

Ø Seminário 10 anos CETAS (Centro de Terapias e de Serviço Social): Im(possibilidades Clínicas: Percepções do Tratamento na Dependência Química”
Dia 18/11

Das 8 às 17h
Local: Auditório HEAL

Sobre o HEAL
Em 50 anos:
+ de 100 mil pacientes atendidos
+ de 500 mil diárias filantrópicas
+ de 300 funcionários
+ de 70 profissionais experientes da área da saúde
+ de 400 voluntários

Serviços/Estrutura:
8 unidades de internação
160 leitos internação
Ambulatório (psicologia e psiquiatria)
Eletroconvulsoterapia (ECT)
Pronto Atendimento (urgência) 24 horas
Centro de Terapias e Assistência Social (CETAS) - Tratamento de longa duração para dependentes químicos
Moradia Assistida.
Refeitórios, auditório, pátios, quadras, horta, estufa, coreto, estacionamento amplo
Área de quase 30.000 m²

Conteúdo Multimídia:

Link Vídeo Institucional:

Site HEAL: http://heal.org.br/

Página no Facebook: https://www.facebook.com/HEALBR/

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado