pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Dezembro 2016

Sobre o autor

Saulo de Tarso

Saulo de Tarso

Compartilhar -

Menina britânica de 14 anos enviou carta a tribunal pedindo para ser congelada. Ela tinha sonho de ressuscitar com o avanço da ciência.

Saulo de Tarso

O assunto voltou aos meios de comunicação com grande repercussão e foi exibido pela TV Globo Jornal Nacional do dia 18 de novembro.

"Acho que ser preservada criogenicamente me dá a chance de ser curada e acordar – nem que seja daqui a centenas de anos", escreveu.

O juiz Peter Jackson visitou a menina no hospital e disse ter ficado comovido com a "forma corajosa como ela estava enfrentando o seu destino".

A palavra criogenia se origina da palavra grega (Kryos). O termo ficou mundialmente conhecido após Robert Ettinger publicar nos EUA o livro The Prospecto of Immortality, que em português significa (Perspectiva de Imortalidade), o qual seu autor defendia a tese da possibilidade de congelar um corpo indefinidamente.

A técnica da criogenia consiste em guardar o corpo num tanque de nitrogênio líquido a 196ºC abaixo de zero, temperatura em que não há decomposição das células.

De acordo com a codificação espírita capítulo III de O Livro dos Espíritos (1) – Em que se transforma a alma no instante da morte? R: Volta a ser Espírito, ou seja, retorna ao mundo dos Espíritos que ela havia deixado temporariamente. Afirma ainda o ínclito codificador no livro A Gênese (2) “A atividade do princípio vital é mantida, durante a vida, pela ação do desempenho dos órgãos, como o calor pelo movimento de rotação de uma roda; que essa ação cesse pela morte, o princípio vital se extingue como o calor, quando a roda cessa de girar”.

Concluindo: uma vez findo o princípio vital e a ocorrência do desligamento dos laços que prendem a alma ao seu corpo físico, não há a possibilidade de revivê-lo, em que pesem os esforços da Ciência para esse fim.

Segundo Espírito André Luiz, (3) todos os seres vivos, dos mais rudimentares aos mais complexos, se revestem de um “halo energético” que lhes corresponde à natureza. No homem, semelhante projeção surge profundamente enriquecida e modificada pelos fatores do pensamento contínuo que, em se ajustando às emanações do campo celular, lhe modelam, em derredor da personalidade, o conhecido corpo vital ou duplo etéreo de algumas escolas espiritualistas, duplicata mais ou menos radiante da criatura.

Em desdobramento da obra kardeciana, continua o Espírito André Luiz (4) "(...) o períspirito, ou "corpo astral", é revestido com os eflúvios vitais que asseguram o equilíbrio entre a alma e o corpo de carne, conhecidos aqueles, em seu conjunto, como sendo o "duplo etérico", formado por emanações neuropsíquicas que pertencem ao campo fisiológico (...) destinando-se à desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora".

       Diante das citações espíritas, cabe a nós seguidores do espiritismo, não objetar as ideias e avanços científicos, mas analisa-las ao crivo da razão e do bom senso. Assim, ficamos com os argumentos da novel doutrina dos Espíritos, a utilizar técnica da criogenia, que de fato é se imolar ao materialismo pela falta de conhecimento das verdades espíritas que efetivamente liberta o homem do apego aos valores da vida material e do corpo físico, somente aparelho de nossa evolução espiritual.

       Muita Paz!

 

Fontes bibliográficas;

(1)  O Livro dos Espíritos Kardec, Allan - capítulo III Retorno da vida corpórea à vida espiritual pergunta 149

(2)  A Gênese – Kardec, Allan - capítulo X item 18

(3)  Evolução em Dois Mundos – Luiz, André - capítulos XI e XVII - 1ª Parte / e capítulo. XVII, pp. 129 e 130

(4)  Nos Domínios da Mediunidade Luiz, André – capítulo Desdobramento em Serviço.

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado