pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Abril 2016
Compartilhar -

Deixar pela praia restos de comida, latas de cerveja ou refrigerantes, sacos plásticos, sem a menor preocupação com o meio ambiente

Esta é uma outra prática que se não é incentivada pelos menos não é reprimida, haja vista a grande quantidade de lixo que as pessoas deixam nas praias e em outros logradouros públicos como praças, cachoeiras, margens de rios e lagoas e assim por diante. Este fato se dá por total descuido para com o planeta, que não recebe das pessoas o respeito e a atenção que merece.

Na velha Mitologia Grega, a Terra era uma deusa chamada Ghea que, saindo do Caos, casou-se com Uranos, o Céu, e deu origem à formidável raça dos Titãs. Deste casal primitivo, nasceram todos os deuses do Olimpo, segundo a Teogonia do Hesíodo. O que importa, neste mito, é a ideia da Terra como mãe de todas as criaturas que nela vivem. Esta é uma das mais belas verdades que a mente humana já concebeu ao longo de sua história.

Há mais ou menos quatro bilhões e quinhentos milhões de anos, Deus criou um planeta que faria a sua órbita em torno do Sol. Este planeta seria o lugar preparado para receber espíritos em débito com a lei de Deus. Neste planeta, estes espíritos ficaram em regime de provas e expiações. Neste sentido a grande mãe da humanidade não é a Eva bíblica, mas a Ghea dos gregos.

Existe um mandamento no decálogo que diz o seguinte: honrar pai e mãe. É claro que pai e mãe, neste caso, se refere ao casal que conduz uma família. Nós, entretanto, podemos, à honra que devemos a nossa mãe, aplicá-la à Terra. Como, porém, poderíamos honrar? Não como no passado, com sacrifícios e oferendas à grande deusa, mas cuidando dela com todo o zelo com que um bom filho deve cuidar de sua mãe.

Não podemos nos esquecer de que a Terra é um ser vivo que, se bem tratado, é saudável e pode viver por longo tempo alimentando seus filhos adequadamente por anos incontáveis. Se, por outro lado, a Terra não for bem tratada, adoece e os sintomas desta doença são os chamados cataclismos naturais, as alterações climáticas, as grandes enchentes e a desertificação em terras férteis e o fim de diversas espécies vegetais e animais.

Não é preciso dizer que isto é um matricidio1 uma vez que somos nós, os filhos da Terra que estamos matando a nossa mãe aos poucos. E como fazemos isso:

  • Fazendo explodir bombas atômicas subterrâneas;
  • Jogando produtos químicos nas águas dos rios;
  • Desmatando sem o menor critério;
  • Poluindo com óleo e petróleo as águas do mar;
  • Entupindo a atmosfera com gás metano;
  • Quebrando o equilíbrio ecológico;
  • A dificuldade em lidar com o lixo atômico.

Naturalmente, existem muitas outras formas de agredir o meio ambiente, inclusive as formas pequenas como jogar lixo na rua, entupir bueiros, usar certos tipos de aerossol, utilizar sacolas de plástico e rádios de pilhas. Estas formas são as mais perigosas porque as temos como coisas menores e inofensivas, quando, em verdade afetam significativamente o meio ambiente.


1 Esta palavra significa morte da mãe. A morte do pai é denominada Parricídio

Compartilhar
Topo Cron Job Iniciado